Segurança

Certificados de Carbono ONU

A Neutralize Carbono é a empresa pioneira no Brasil a utilizar créditos de carbono para neutralizar emissões de forma voluntária de diversas atividades. Para tanto, seguindo suas premissas de qualidade, a equipe pesquisou a solução que traria mais segurança e efetividade no combate ao aquecimento global.

A melhor e mais completa solução encontrada foram os certificados de carbono expedidos pela Organização das Nações Unidas (ONU), estes representam reduções de emissões certificadas por uma variada gama de projetos ambientais que efetivamente reduzem suas emissões de carbono, além de destinar parte dos fundos arrecadados para auxiliar populações vulneráveis.

 

Projetos ambientais

Os créditos de carbono da ONU são originados por projetos ambientais certificados pela Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre a Mudança do Clima (UNFCCC, na sigla em inglês), dentro do Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL). Estes projetos são baseados em metodologias previamente aprovadas e passam por rigoroso processo de verificação, monitoramento e registro.

Cada certificado de carbono emitido pela ONU representa uma tonelada de gases de efeito estufa que deixou de ser emitida para a atmosfera devido à implantação de tecnologias mais limpas, principalmente associadas ao uso de energia renovável e substituição de matriz energética fóssil, colaborando diretamente no combate ao aquecimento global, pois age na origem do problema.

Abaixo seguem alguns exemplos de metodologias que geram créditos de carbono:

Aterro sanitário

Captura e queima do biogás gerado pela decomposição de resíduos orgânicos em aterro sanitário, reduzindo a emissão de metano (CH4) para a atmosfera.

[+ info]

Biodigestão de resíduos suínos

Biodigestão de resíduos de granja suína, reduzindo a emissão de gás metano (CH4) para a atmosfera e a poluição do solo e do ar consequente da decomposição do material orgânico.

[+ info]

Pequena Central Hidrelétrica

Geração de energia em Pequena Central Hidrelétrica, diminuindo as perdas na transmissão e a possibilidade de instalação de usinas termoelétricas.

[+ info]

 

Projetos sociais

Todos os projetos de MDL destinam parte de suas verbas para o Fundo de Adaptação (Adaptation Fund), um órgão da UNFCCC para financiamento de projetos sociais destinados às populações carentes vulneráveis às mudanças climáticas.

Sabe-se que o aquecimento global trará, e já traz, consequências para a sociedade humana, como influências nas áreas e produtos cultiváveis, alagamento de áreas habitadas, aumento da incidência de doenças, entre outros.

O Fundo de Adaptação incentiva e financia projetos que auxiliam as populações mais vulneráveis às alterações climáticas a se adaptarem a este novo cenário, desenvolvendo a economia local, gerando empregos e o desenvolvimento de comunidades.

Conheça abaixo alguns exemplos de projetos sociais apoiados pelo Fundo de Adaptação:

Projeto Social no Camboja

As alterações climáticas tornaram irregulares as chuvas no Camboja, país costeiro localizado no sudeste asiático, reduzindo a produção agrícola do país. O projeto apoiado pelo Fundo de Adaptação introduziu o conceito de ecoagricultura para aumentar a resiliência das comunidades rurais do Camboja, unindo produção alimentar e conservação das áreas de proteção ambiental habitadas por essas comunidades.

Já foram transferidos mais de 1 milhão de dólares para beneficiar cerca de 2.000 famílias vivendo na região.

[+ info]

Projeto Social em Madagascar

Madagascar é uma ilha montanhosa, situada no sudoeste da costa africana, cuja economia é altamente dependente da produção de arroz. Atualmente o país é alvo de ciclones, enchentes e secas decorrentes das alterações climáticas. O projeto apoiado pelo Fundo de Adaptação visa reduzir a vulnerabilidade da produção de arroz e a antecipação de outros impactos que possam aumentar os níveis de pobreza do país, como conservação do solo e da água.

Já foram transferidos mais de 3 milhões de dólares para beneficiar mais de 380 mil pessoas vivendo na região.

[+ info]

Projeto Social em Maurícia

Maurícia é um pequeno arquipélago no meio do Oceano Índico, sua zona costeira está sujeita a tempestades tropicais e aumento do nível do mar devido às alterações climáticas, causando perdas econômicas, na agricultura e de recursos aquáticos e pesqueiros. O projeto apoiado pelo Fundo de Adaptação irá proteger os ecossitemas costeiros mais vulneráveis e as comunidades que deles dependem.

Já foram transferidos cerca de 1 milhão de dólares para beneficiar mais de 3.150 pessoas vivendo na região.

 

[+ info]