Credibilidade

Características da nossa solução

REAL - Incentiva projetos que efetivamente trazem resultados, seja na redução de emissões, seja no desenvolvimento de populações carentes

REPLICÁVEL - Quanto mais o mercado de carbono se desenvolve, novas tecnologias limpas são implementadas, ampliando as reduções de emissões conquistadas

SEGURA - Os projetos são certificados pela ONU e toda a documentação é pública e facilmente acessível

 

Porque usar créditos de carbono?

Uma das alternativas apresentadas para a compensação das emissões de gases de efeito estufa é através do plantio direto de mudas. O conceito por trás desta metodologia é considerar que a árvore fixa gás carbônico (CO2) durante a realização do processo de fotossíntese. Esta premissa está correta, mas há outros fatores que devem ser levados em conta, como a taxa de respiração, o tempo de crescimento das mudas, mortalidade das plantas e os fertilizantes utilizados na plantação.

Por isso, apesar desta ser uma metodologia bastante difundida, não há consenso sobre sua efetividade como solução para as mudanças climáticas, já que a definição da captura efetiva de carbono é variável conforme a idade da planta, condições ambientais, espécies da árvore, mortalidade da planta, desmatamento futuro, entre outros. Estudos que visaram demonstrar o Incremento Médio Anual por árvore, ou seja, a taxa de fixação de carbono por árvore, afirmam que são necessárias cerca de 7 árvores, durante 21 anos, para fixar 1 tonelada CO2e da atmosfera, porém a ONU não registrou ainda nenhuma metodologia ou projeto relacionados ao plantio ou manutenção de áreas florestadas, não havendo RCEs (Reduções Certificadas de Emissões) disponíveis de projetos nessa área.

Logo, utilizar uma metodologia de neutralização de carbono que assegura que uma redução de emissões foi efetivamente alcançada, pois é certificada, é a forma mais segura de combater o aquecimento global, pois age na causa das mudanças climáticas, seja através da substituição de matriz energética, captura e queima de gases estufa ou uso de tecnologias limpas. Essa é uma das razões para a Neutralize Carbono ter definido o uso de créditos de carbono como metodologia de compensação de emissões de gases de efeito estufa. Para entender mais desta solução, clique aqui.

 

Rastreabilidade dos créditos

Cada Certificado de Neutralização emitido pela Neutralize Carbono tem um número de identificação único que leva embutido, através de letras e números, as informações que permitem rastrear cada etapa do processo. Neste número consta o lote de créditos utilizado, o total de carbono neutralizado, o número de registro do projeto que gerou os créditos e o tipo de certificação utilizada.

Para assegurar que cada certificado de carbono é utilizado uma única vez, a Neutralize Carbono faz o registro público em cartório dos seus lotes de créditos, garantindo que cada transação de neutralização gera um número único de certificado que é representativo de uma transação específica. Além disso, em cada início de ano a Neutralize Carbono envia aos seus clientes o Informe de Neutralização Anual, contendo todas as neutralizações realizadas pela empresa no ano anterior - ferramenta facilitadora da comunicação das iniciativas ambientais da empresa e da elaboração de Inventário de Emissões corporativos.

No verso de cada certificado há um resumo do projeto ambiental que gerou os créditos utilizados na neutralização e um link para acessar todos os documentos: desde a concepção do projeto até a alocação definitiva dos créditos de carbono expedidos pelo órgão internacional certificador.

A ilustração abaixo explica o que significa cada bloco de números do seu certificado.