Equipe

A equipe da Neutralize Carbono conta com profissionais especializados e entusiastas do combate à mudança global do clima.

Há diversas especialidades nessa equipe, o que contribui para uma visão bastante plural do assunto: economista, administrador, bacharel em letras, engenheiros, gestores ambientais e biólogos. A escolha dos colaboradores se dá, principalmente, pela paixão pelo tema e vontade de aprender. Essa é a fórmula para entregar a melhor solução do mercado e manter os clientes satisfeitos!

Os sócios da Neutralize Carbono:

Felipe J. Bottini
Economista formado pela USP com especialização em sustentabilidade pela Harvard Extension School, atua na área de redução de emissões desde 2005, tendo promovido projetos de redução de emissões e inventários de emissão de gases de efeito estufa. É palestrante frequente em eventos no Brasil e no exterior. Entusiasta do tema sustentabilidade, aborda a questão climática sob a ótica da necessidade do sucesso econômico das ações para que elas possam ser efetivamente sustentáveis. Felipe é também colaborador de revistas e mídias web nesse tema.

Luiz A. Certo
Engenheiro Civil formado pela UNICAMP com 28 anos de experiência. Escolheu Angola como seu segundo país desde 1998, onde trabalha e reside, e o qual ajuda a reconstruir desde antes do fim da guerra civil, finda em 2002. Luiz tem vasta experiência em regiões em vias de desenvolvimento e traz grande bagagem cultural e profissional para a equipe. Entende que o sucesso da Neutralize Carbono é o sucesso do planeta.

Nino S. Bottini
Engenheiro Civil formado pela Universidade Mauá com 34 anos de experiência. Diretor técnico responsável pela solução da Neutralize Carbono e de diversos outros projetos de redução de emissões registrados na UNFCCC (United Nations Framework Convention on Climate Change). Com grande experiência em cálculo de estruturas, área na qual atuou muitos anos, trouxe à Neutralize Carbono a perspectiva de excelência e controle de qualidade para o controle de falhas, já que em engenharia estrutural falhas não são permitidas.